EQS Franquias: Empreendedores de primeira viagem

Muitas pessoas que chegam aqui na EQS nos perguntam se é seguro abrir uma franquia mesmo sem experiência em negócios ou tampouco alguma relação com o setor de atuação.

Mas pouca gente sabe que essa é uma realidade mais comum do que se possa imaginar. E atrevo-me afirmar que mais importante que a experiência prévia são as variáveis fundamentais que devem ser levadas em consideração pelo potencial investidor, como:

A Avaliação de mercado

O investidor deve estudar os mercados que têm se destacado e que proporcionam um futuro mais promissor. Como? Avaliando os dados disponíveis e entendendo as mudanças de hábitos da sociedade.

 

A Necessidade de uma profunda imersão na rede

O investidor, quando opta por uma franquia, está comprando a experiência e a capacidade do franqueador em transferir não apenas o conhecimento, mas também o suporte e a estrutura suficiente para que o negócio prospere. Isso passa por diferentes etapas da cadeia: a escolha do ponto comercial, a gestão da loja, o planejamento financeiro, a estrutura de operações e marketing, o treinamento para contratação de funcionários, entre outros.

 

Uma marca conhecida pode até representar uma “garantia” de imediato, mas é insustentável no longo prazo se não estiver atrelada aos requisitos mencionados acima. O franqueado precisa estar conectado com a franqueadora e trabalhar para que o negócio cresça. A força da marca sempre irá contribuir a favor disso, mas realizar as ações regionais periodicamente na loja é algo agregador e fundamental. Pelo lado do investidor, apoiar-se em indicadores de associações de classe, como a ABF, e contato com outros canais como a EQS, também são caminhos muito assertivos na hora de escolher a sua franquia.

 

Quer saber mais sobre Franquias e Empreendedorismo?

Clique aqui. Queremos te ajudar. <3

Conteúdo mais antigo Conteúdo mais recente