Qual é o futuro do varejo?

Em uma pesquisa feita pela DesignSM, foram analisadas as principais tendências que devem impactar os desejos, padrões de compras e engajamento do consumidor futuro com as marcas em 2019.

As principais tendências são:

  1. Espaços Snug

No inglês, snug significa confortável. A demanda por espaços     mais confortáveis ​​e flexíveis deve aumentar em 2019, envolvendo os consumidores para abrirem espaços para conversas mais íntimas.

 

  1. Paralisações digitais

O apelo das paralisações digitais deve aumentar, à medida que as marcas continuam testando as proibições de produtos eletrônicos e Wi-Fi, em um esforço para despertar uma conversa real entre as pessoas. Isso já é realidade em alguns cafés, que perceberam que estavam se tornando escritórios e não em ambientes para experiências com outras pessoas.

Esse é um exemplo de um café em Chicago que se adaptou ao não uso de internet.

 

  1. Céticos

Em 2019, pesquisadores prevêem a chegada do consumidor cético que examinará cada produto / serviço no mercado. Esse grupo de consumidores valorizará o conhecimento e fará o possível para analisar cada ingrediente de um produto. Eles também transformarão a face do engajamento social com a necessidade de uma conversa real face a face, em vez de um diálogo anônimo e corporativo.


  1. Livres da pressão

A demanda por menos distrações será um requisito fundamental para os consumidores. Isso se deve à pressão atual que as pessoas sentem agora de fazer tudo, ficando oprimidas e desfocadas em sua vida cotidiana. A tecnologia se adaptará perfeitamente a essa tendência, criando produtos que serão menos perturbadores e mais produtivos.



Essas características já são vistas atualmente, mas é apenas o início. A cada dia, mais pessoas estão mudando as formas como pensam, e entre tudo isso, o que as pessoas buscam é conforto e equilíbrio. E isso será observado em várias segmentações de mercado.


Diante isso, qual será o futuro do varejo?


Encontramos uma entrevista da Forbes com alguns capitalistas de risco, onde apontaram algumas mudanças que acontecerá no varejo.


Mais demanda por entrega de produtos em tempo real:

Os consumidores querem o que querem, quando querem e não importa de onde vem. Isso demonstra o apelo crescente da entrega no mesmo dia (ou na mesma hora) e a necessidade de ter o atendimento ao cliente disponível 24 horas por dia, sete dias por semana. Isso exige que os varejistas encontrem novas soluções, que os ajudem a vender e fornecer produtos de maneira eficiente.

No Brasil, segundo dados da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), em  o e-commerce apresentou um crescimento de 12% em relação ao ano anterior e faturamento na ordem de 59,9 bilhões de Reais. Além de categorias como Eletroeletrônicos, Óticas e acessórios, cresce o número de vendas por e-commerce de produtos diferentes, como foi a caso do e-commerce da Cravo e Canela Confeitaria, uma confeitaria bastante conhecida em Goiânia, criado aqui na EQS, inicialmente para vendas de cestas de café da manhã, superou as expectativas de vendas.

E-commerce da confeitaria Cravo e Canela


O surgimento de interfaces de conversação alimentadas por IA:

Quando um produto não chega na data ou da forma prevista, tudo o que o cliente quer é entrar em contato imediatamente com a empresa que vendeu e ter esclarecimentos. Sendo assim, os varejistas podem usar interfaces conversacionais com tecnologia AI (como o Facebook Messenger) para responder perguntas rotineiras e suplementar o suporte ao cliente humano com compras baseadas em bate-papo.



Diante de tantas informações sobre o consumidor atual e o progresso para os anos futuros, cabe ao varejista, aproveitar ao máximo as oportunidades ao invés de reclamarem por suas lojas físicas estarem em declínio de vendas. Sempre há uma forma de você atingir suas metas de vendas. Como a Cravo e Canela, que está há mais de 30 anos no mercado, e ainda assim, enxergou a oportunidade de melhorar suas vendas, e o que era apenas uma experiência, se tornou uma grande fonte de receita.

Quer montar seu site ou e-commerce com a EQS? Clique aqui, preencha os dados e entraremos em contato com você.

Marcado com: E-commerce Varejo

Conteúdo mais antigo